População e Demografia

Os últimos Marinheiros

PUBLICADO EM junho 2015
* 10% desconto incluído. Portes de envio grátis para Portugal Continental e Ilhas.
Sobre
Ver

Sinopse

«O que o leitor tem nas mãos é uma tentativa de retrato do universo de alguns portugueses cuja principal fonte de sustento ainda é a navegação no mar. Para a maioria, a ligação à marinha mercante é uma herança familiar, vinda das duas gerações anteriores ou de tempos imemoriais. Na dura solidão dos dóris bacalhoeiros ou no relativo conforto de modelos mais ou menos recentes de navios de pesca ou de carga, o respeito pelo mar perpetua as suas regras. Apesar de toda a maquinaria, a profissão de marinheiro mantém algo de intrépido e aventureiro.» Portugal possui 2.830 quilómetros de linha de costa e constitui a 3ª maior Zona Económica Exclusiva europeia, 11ª a nível mundial. Mesmo assim, não existe um único boletim meteorológico radiofónico que indique o estado do mar. A bordo de um navio de carga comercial e de um navio de pesca por arrastão, Filipa Melo foi conhecer os nossos últimos marinheiros. Homens e mulheres que todos os dias enfrentam o mar e fazem justiça ao nosso passado mais mítico, contra todos os ventos e marés.

Autoria

Coordenação e autoria

  • Filipa Melo
    Filipa Melo nasceu em 1972 e licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. Desde 1990, trabalhou como marionetista (Rua Sésamo), tradutora, revisora tipográfica, repórter (Visão, Expresso, O Independente, Grande Reportagem, Ler), editora (Livros de Portugal, Mil Folhas/Público, Oriente/SIC Notícias, Magazine e Magazine Livros/RTP2), crítica e comentadora (Acontece e Jornal2), consultora (Câmara Clara), autora e apresentadora (Nós e os Clássicos/Sic Notícias). O seu primeiro romance, Este É o Meu Corpo, foi publicado em 2001 e traduzido em sete línguas. Os seus contos encontram-se editados em diversas antologias nacionais e internacionais. Durante oito anos, orientou uma comunidade de leitores dedicada à literatura portuguesa contemporânea, por onde passaram mais de 200 obras e 60 autores. Atualmente, dirige a revista EPICUR, assina crítica literária no jornal Sol e na revista Ler, dá aulas de escrita criativa (a partir da história da literatura) e, ocasionalmente, orienta ciclos de divulgação da literatura e de participação ativa do cidadão.

Partilhar