A
A
Imagem_Marcacao_BIO
José Morais
Conteúdos
Bio
Militante antifascista na sua juventude (ver À Espera de Godinho, Editora Bizâncio, 2009), José Carlos Junça de Morais exilou-se em Bruxelas com o estatuto de refugiado político da ONU de 1968 a 1974. Doutor em Ciências Psicológicas pela Universidade Livre de Bruxelas (ULB), foi professor catedrático desta universidade, diretor do Laboratório de Psicologia Experimental, decano da Faculdade de Ciências Psicológicas e da Educação, presidente do Comité das Ciências Psicológicas da Academia Real da Bélgica e membro do Observatório Nacional da Leitura (França). Doutor honoris causa da Universidade de Lisboa, especialista em psicologia cognitiva da leitura, publicou cerca de 150 artigos em revistas científicas internacionais. Atualmente, é professor emérito e continua a participar na investigação científica no quadro da Unité de Recherche en Neurosciences Cognitives do Institut de Neurosciences da ULB. Tem realizado múltiplas ações para a promoção da leitura, incluindo a publicação de livros, a participação num relatório apresentado em 2003 à Comissão de Educação e Cultura da Câmara de Deputados brasileira, a direção de um estudo psicolinguístico sobre a aprendizagem da leitura e da escrita em Portugal no quadro do Plano Nacional de Leitura, e a participação na redação das metas curriculares para o português aprovadas pelo Ministério da Educação e Ciência em 2012. Publicou três obras de ficção. É professor emérito da Université Libre de Bruxelles.

Última atualização: setembro de 2013