A
A
Germano Almeida
Germano Almeida
Conteúdos
Bio
Distinguido há dias com o maior prémio da literatura em língua portuguesa, o Prémio Camões 2018, é um dos principais escritores cabo-verdianos.
Nascido na ilha da Boavista, em 1945, formou-se em Direito na Universidade de Lisboa e continua a exercer advocacia no Mindelo, São Vicente, onde vive.
As suas primeiras estórias foram publicadas na revista ""Ponto & Vírgula"", em que o autor assinava com o pseudónimo de Romualdo Cruz. Estas estórias foram compiladas em 1994 com o título ""A Ilha Fantástica"", que, juntamente com ""A Família Trago"", 1998, recriam os anos de infância e o ambiente social na ilha da Boavista.
Mas o seu primeiro romance foi ""O Testamento do Sr. Napumoceno da Silva Araújo"", em 1989, que marca a rutura com os tradicionais temas cabo-verdianos, e chegou ao cinema.
Ao longo da sua vida literária publicou duas dezenas de obras, tendo lançado este ano ""O Fiel Defunto"".
Foi deputado eleito pelo Movimento para a Democracia de Cabo Verde.
A sua obra está presente em mais de uma dezena de países, da Alemanha, a França, Dinamarca Cuba ou EUA.