A
A
Imagem de vários alimentos num caixote do lixo

Desperdiçar menos, para um futuro mais sustentável

O preço dos alimentos não tem parado de subir, mas os dados revelam que, em Portugal, se desperdiçam quase um milhão e novecentas mil toneladas de produtos alimentares por ano. A especialista em segurança alimentar Iva Pires, espera que, em 2023, se dê uma nova oportunidade aos alimentos.
2 min

A subida do preço dos alimentos tem sido notícia recorrente nos últimos meses. Os dados mais recentes estimam que em Portugal se desperdicem quase 1 900 000 toneladas de resíduos alimentares por ano (EUROSTAT, 2020) e que a maior parte desse desperdício aconteça nas famílias.

O final do ano é um momento de reflexão do que concretizámos  e do que pretendemos fazer para o que se vai iniciar. Porque não colocar na lista de Desejos para 2023 «fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para reduzir o desperdício de alimentos»?

Todos sabemos que devemos planear as compras para evitar acumular alimentos em excesso que não serão consumidos durante a semana, usar todas as partes dos alimentos, guardar as sobras para integrar numa outra refeição, congelar o que sobrou e aproveitar mais tarde; quando comemos fora de casa num buffet devemos servir menos porções de cada vez e num restaurante pedir uma caixa para levar o que sobrou.

A maior parte do desperdício de produtos alimentares acontece nas famílias.

Para 2023 queremos pôr tudo isto em prática e assim dar uma nova oportunidade aos alimentos evitando que acabem no lixo.

Com estas práticas todos ganham, o ambiente com redução dos impactos relacionados com a produção de alimentos, a sociedade com a poupança de recursos naturais cada vez mais escassos como o solo e água e com os custos associados à recolha e ao tratamento de resíduos. E finalmente, mas não menos importante, as famílias ganham uma maior disponibilidade financeira pois, com a recente subida do preço dos alimentos, estes pesam cada vez mais nos orçamentos familiares.

E assim teremos também  um papel mais ativo na construção da mudança para um futuro mais sustentável.