Educação

Indisciplina na Escola

PUBLICADO EM outubro 2013
* 10% desconto incluído. Portes de envio grátis para Portugal Continental e Ilhas.
Sobre
Ver

Sinopse

"Continua a não ser fácil para os agentes educativos acreditarem que uma causa tão próxima e até tão óbvia como o insucesso académico possa ter alguma importância na configuração da indisciplina" João A. Lopes "É imperativo que se desenvolvam programas/planos escolares que previnam e que reduzam a violência juvenil ao mesmo tempo que promovem a motivação dos alunos, levando-os a conseguir um maior sucesso escolar" Dorothy L. Espelage

Autoria

Coordenação e autoria

  • João Lopes
    João A. Lopes é Professor Associado com Agregação da Escola de Psicologia da Universidade do Minho. Tem licenciatura em Psicologia e mestrado e doutoramento em Psicologia da Educação. Investiga nas áreas de problemas de aprendizagem, problemas de comportamento e ensino, organização e gestão da sala de aula. Algumas das suas publicações mais relevantes são: A hiperactividade (2003, Coimbra: Quarteto), Ciência e crença a gestão de sala de aula, em co-autoria com M. Santos (2008, Coimbra: Quarteto) e Conceptualização, avaliação e intervenção nas dificuldades de aprendizagem: A sofisticada arquitectura de um equívoco (2010, Braga: Psiquilíbrios).
  • Dorothy L. Espelage
    Dorothy L. Espelage é professora na Universidade de Illinois, Champaign e tem feito investigação na área do bullying, provocações homofóbicas, assédio sexual e violência no namoro desde há duas décadas. Publicou mais de 120 obras de investigação. É investigadora principal em dois programas financiados pelo CDC para prevenir a violência em 50 escolas básicas. A National Science Fundation financia o seu trabalho para desenvolver métodos de observação para avaliar o bullying entre adolescentes. O estudo longitudinal e da rede social associado a este comportamento é financiado pelo Instituto Nacional de Justiça (NIJ) e pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH).

Partilhar